Itapetininga é um município do estado de São Paulo no Brasil, sede da Região de Governo de Itapetininga e membro da Região Metropolitana de Sorocaba.

Localiza-se a uma latitude 23º35’30” sul e a uma longitude 48º03’11” oeste, estando a uma altitude de 670 metros.

Itapetininga é sede de região de governo composta por mais doze municípios: Alambari, Angatuba, Boituva, Campina do Monte Alegre, Capela do Alto, Cerquilho, Cesário Lange, Guareí, Quadra, São Miguel Arcanjo, Sarapuí e Tatuí, que possuem, juntos, 480 453 habitantes (SEADE 2013).

História

Monumento ao Tropeiro

A exemplo de muitos municípios do interior de São Paulo, Itapetininga também se desenvolveu na esteira do tropeirismo. O local foi ponto de descanso dos tropeiros, que montavam ranchos e arraiais para o pouso, antes de seguirem em direção ao Sul. O primeiro núcleo de tropeiros na região de Itapetininga surgiu em 1724, quando descobriu-se que o pasto no local era abundante e a terra fértil para o plantio. A estes fatores, somou-se a distância da Vila de Sorocaba – 12 léguas – que correspondia a uma jornada de tropa solta.

Em 1766, um grupo de portugueses, chefiado por Domingos José Vieira, deixou o primeiro núcleo (hoje, bairro do Porto) e formou outro, em um local alto e circundado por dois ribeirões, precisamente onde se localiza a catedral, local onde construíram a primeira capela de Nossa Senhora dos Prazeres.

O antigo núcleo foi ocupado por Paschoal Leite de Moraes, que, vindo do Paraná com sua família, deu continuidade àquele núcleo populacional.

Nessa época, houve uma disputa entre os dois núcleos que queriam ser elevados à condição de vila.

Resultado: em 17 de abril de 1770, Simão Barbosa Franco foi nomeado para fundar a administrar o novo povoado, cabendo, a ele, a escolha do núcleo principal.

Historiadores contam que uma mula ruana marchadeira, ofertada como presente a Simão Barbosa Franco, garantiu a vitória de Domingos José Vieira.

A vila de Nossa Senhora dos Prazeres de Itapetininga foi oficialmente criada no dia 5 de novembro de 1770, quando foi celebrada uma missa solene pelo vigário da nova paróquia, padre Inácio de Araújo Ferreira. É nessa data que convencionou-se comemorar o aniversário do município.

Além de Simão Barbosa Franco e Domingos José Vieira, o ituano Salvador de Oliveira Leme – o Sarutayá – se inclui entre os fundadores históricos do município, já que foi o terceiro capitão-mor de Itapetininga (o primeiro foi Simão Barbosa Franco e o segundo foi Domingos José Vieira). Inclui-se, entre os responsáveis pela elevação de Itapetininga à categoria de vila, o português Manuel José Braga, que já morava na cidade antes de todos e que foi o responsável pela carta enviada ao capitão da vila de Sorocaba pedindo a construção da igreja.

A Vila de Itapetininga foi elevada à categoria de cidade em 1852, através da Lei nº 11, de 17 de julho de 1852. A lei concedia autonomia judiciária, criando a comarca de Itapetininga. A vila, porém, só tornou-se município, de fato, em 13 de março de 1855, com o nome de Itapetininga.

A Santa Padroeira de Itapetininga é Nossa Senhora dos Prazeres.

Etimologia

O vocábulo Itapetininga tem sua origem na língua tupi antiga. Os estudos filológicos referentes ao nome dado a Itapetininga concluem que pode, o mesmo, ter três significados diferentes: Itáapé-tininga = caminho das pedras secas ou caminho seco das pedras; Itape-tininga = pedra chata, laje ou lajeado seco; Itá-pe-tininga = na pedra seca. A tradução mais correta, porém, na opinião dos filologistas que pesquisaram o vocábulo, é “laje seca ou enxuta”, sendo Itapetininga uma contração de itapeba (pedra chata, rasa ou plana) e tininga (seco, seca ou enxuta).

Demografia

Dados do Censo – 2010

  • População total: 144 377
  • Urbana: 131 050
  • Rural: 13 327
    • Homens: 72 167
    • Mulheres: 72 210
  • Densidade demográfica (hab/km²): 80,41
  • Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 12,0
  • Expectativa de vida (anos): 76,86
  • Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 1,70
  • Taxa de alfabetização: 93,11%
  • Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,763
    • IDH-M Renda: 0,728
    • IDH-M Longevidade: 0,864
    • IDH-M Educação: 0,705

Estrutura urbana

Educação

Ensino Superior

Privado

  • Instituto Itapetiningano de Ensino Superior (IIES);
  • Fundação Karnig Bazarian (FKB);
  • Faculdade Sudoeste Paulista (FSP).

Público

  • FATEC Itapetininga (FATEC);
  • Universidade Aberta do Brasil, onde são ministrados cursos à distância da UFSCar e da UnB (UAB POLO ITAPETININGA);
  • IFSP – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, Campus Itapetininga (CAMPUS ITAPETININGA).

Ensino Técnico

Privado

  • SENAC Itapetininga (POLO ITAPETININGA).

Público

  • ETEC Prof. Edson Galvão (CAMPUS CAPÃO ALTO);
  • ETEC Darcy Pereira de Moraes (CAMPUS CHAPADINHA).

Transportes

Rodovias

A cidade de Itapetininga é sede do Departamento de Estradas e Rodagens (DER), sendo a 2ª Divisão Regional. É responsável principalmente por gerir a Rodovia Raposo Tavares, do km 168,7 até o km 381,7. O trecho da SP-127 e da SP-270 (sentido Sorocaba) é administrado pela CCR/SPVias.

É sede também da 2ª Cia. da Polícia Rodoviária do Estado de São Paulo do 5º BPRv.

  • SP-127Rodovia Antonio Romano Schincariol – Acesso Tatuí
  • SP-127Rodovia Professor Francisco da Silva Pontes – Acesso Capão Bonito e São Miguel Arcanjo
  • SP-129Rodovia Gladis Bernardes Minhoto – Acesso Tatuí
  • SP-157Rodovia Aristedes da Costa Barros – Acesso Guareí
  • SP-268 – (Sem denominação)
  • SP-270Rodovia Raposo Tavares – Acesso – Sorocaba e Angatuba

Clubes de serviços e associações

  • Rotary Club de Itapetininga: fundado em 16 de abril de 1952, tendo, como padrinho, o Rotary Club de São Roque, o qual está sob administração do Distrito 4 620 do Rotary Internacional desde Mairinque até Ourinhos, passando pelos municípios de Sorocaba, Avaré e Itapeva. O mesmo mantém diversos projetos sociais. Diversas promoções ajudam inúmeras entidades do município, como a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), Asilo São Vicente de Paula, e ajudaram a construir uma creche do Rotary, cuja manutenção é feita em parceria com a Prefeitura Municipal. Participaram vários anos da Campanha da Vacinação Pólio Plus, Oftalmológicas, das Drogas e AIDS. Desenvolveram projetos nas áreas de Saúde, Educação, Profissionalizantes e Ecológicas. O Rotary tem participação na curadoria da FKB (Fundação Karnig Bazarian) e na Curadoria da FEPAS (Formação de Ensino Profissionalizante).
  • Lions Club de Itapetininga
  • Grupo Escoteiro Ibiraci

Festas Tradicionais

  • Festa De Nossa Senhora Aparecida (Bairro Pinheiro Alto)
  • Festa De Nossa Senhora Aparecida (Horto Religioso)
  • Festa De São Cosme E Damião (Bairro Biscoito Duro)
  • ExpoAgro (Recinto Acácio de Moraes Terra)
  • Festa Da Costela De Chão (Bairro Gramadinho)
  • Festa Do Divino Espirito Santo ( Bairro Varginha)
  • Festa Da Santa Cruz (Bairro Varginha)
  • Festival De Moda De Viola (Bairro Varginha)
  • Festa do Purim (Igreja do Evangelho Quadrangular)
  • Marcha para JESUS
  • Festa do Milho (Igreja do Evangelho Quadrangular)
  • Cavalgadas
  • Festa do Milho (Paróquia São Roque)
  • Festival do Boteco (Centro)
  • Festa do Divino (Catedral Nossa Senhora dos Prazeres)

Vídeo sobre a cidade de Itapetininga

Mapa da cidade de Itapetininga